15/07/2020

Nojo ou Repugnância

Dando continuidade à série de posts sobre as emoções primárias.

As emoções surgiram através da evolução das espécies. Somos animais, lembra disso?

O nojo é uma emoção que previne diante da possibilidade de intoxicação.

O reflexo de náusea, ocorre diante de coisas estragadas ou contaminadas, ocorre a rejeição automática diante do “estímulo nocivo”.

Esta emoção é fundamental para a sobrevivência.

A repugnância alerta para o risco diante de elementos ou situações desagradáveis e prejudiciais à saúde, previne do envenenamento ou intoxicação física e social.

Por exemplo, quando você lê uma notícia e sente asco? É a repugnância em alerta, que aciona o seu mecanismo de defesa, porque aquilo pode te “intoxicar” pois é contra suas crenças, valores ou costumes.

Mas cuidado: o que é muito diferente do nosso universo pode ser interpretado como ‘estranho’ pelo sistema de defesa e causar repugnância.

Não se guie meramente pela emoção, pois se houver conceitos morais rígidos e um universo de conhecimento limitado tudo poderá parecer muito estranho, causando preconceito e discriminação.

Note os estados emocionais que se originam do nojo são: desdém, desprezo, repulsa, aversão.

Foto de Oleg Magni no Pexels

Posts relacionados